Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Tejo e Sado

Por dentro dos dias e da vida

Por dentro dos dias e da vida

O mundo continua!

Há os que vivem a querer ser senhores do mundo, outros da Europa, outros do país, e, por aí fora, até há, os que querem ser senhores das cidades, das vilas, das aldeias.

Eu fico-me por ser o senhor do meu silêncio. Esse que é meu, onde sou senhor e rei, o meu domínio único, intenso, total, onde me encontro comigo e discuto comigo. Ali, onde as palavras soam em timbres absolutos. Eu centro do universo, no mistério da minha interioridade.

Grito. Sorrio. Canto. Misturo palavras com imagens. Levo a imaginação até ao limite. Saltito. Loucura. Sou dono da minha loucura, essa, feita de palavras silenciosas.

E de repente, há palavras que solto, bipolarmente, aquelas com as quais me transporto, mexendo os braços e as pernas, para esse mundo real, a minha rua…    

E, digo-vos, fico feliz por passear na «minha» rua, onde posso escutar os pássaros, sentir o vento, ver as pedras da calçada, a relva, a presença dos cães, real, que evito pisar. Afasto-me. Olho o sol. Sorrindo.

Fiquem lá com o mundo, sejam senhores de tudo o que acham que devem conquistar, eu só quero conquistar o meu sorriso e caminhar, todos os dias, por dentro das palavras que me emocionam e, suavemente, fazem sentir o mundo, as pessoas e o pulsar da cidade.

Sabem, é, afinal, isso que eu sinto no meu silêncio, quando me encontro comigo mesmo, todos os dias, por dentro das palavras, nesse lugar, onde nunca estou só, estou com toda a experiência vivida e todo o tempo vivido.  

É por isso, que nesse domínio, intenso e interior, eu discuto comigo, e, aí, aproveito, para pensar tudo aquilo que faz os meus dias, num turbilhão de palavras.

Sons, muitos sons, silenciosos, que me dão tranquilidade e energia para suportar e perceber, todos os senhores do mundo!

E nos dias, como hoje, quando me dói, por dentro o pensamento, com a partida de alguém com quem partilhei os dias, penso…o mundo continua.

Pensem nisso, senhores do mundo, porque essa, sem dúvida, é a única certeza, um dia – o mundo continua!

 

S.P.

aferias 104.JPG

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

COMUNICAÇÃO SOCIAL

AUTARQUIAS

ESCOLAS

EMPRESAS

BLOGUES DO BARREIRO

ASSOCIAÇÔES E CLUBES

BLOGUES DA MOITA

SAPO LOCAL

PELO DISTRITO

CULTURA

POLITICA

TWITTER

FACEBOOK ROSTOS

Em destaque no SAPO Blogs
pub