Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre Tejo e Sado

Por dentro dos dias e da vida

Por dentro dos dias e da vida

Do dito terminal de contentores ao papel positivo dos TCB na região

atribunal 009_777067905.jpg

 

Fala-se muitos dos resultados das eleições europeias. Olhando para o micro mundo de uma freguesia do concelho do Barreiro, assim numa espécie de zoom local, percebe-se que as próximas eleições autárquicas vão ser renhidas .

O terminal de Contentores do Barreiro

Christian Blauert, presidente da Yilport Iberia, empresa proprietária de sete portos em Portugal e considerada um gigante mundial do sector, no dia logo a seguir às eleições europeias, numa entrevista ao jornal «Público» critica a construção do Terminal do Barreiro, que considera uma localização estranha.
Na entrevista defende que há capacidade de desenvolvimento em Lisboa
Acasos, Coincidências. Sou muito pragmático e nestas coisas, sempre achei que não há fumo sem fogo.
Para mim, este e outros sinais, são os sinais de fumo a anunciar que o Terminal de Contentores do Barreiro, foi chão que deu uvas.
Na verdade, com o mercado imobiliário em crescendo, o mais certo é renascer o «masterplan», ou algo semelhante, rasgando o centro da cidade para os terrenos da Baía do Tejo.
Como escrevi, no Jornal do Barreiro, nos anos 90 – podemos ter ali a nossa «zona expo».

De acordo com reportagem editada no jornal «Público» o ano passado a travessia entre o Barreiro e Terreiro do Paço transportou 7,9 milhões de passageiros.
A margem sul é cada vez mais uma zona residencial – há trabalho aqui, mas muita gente trabalha em Lisboa.
Nesta reportagem sobre mobilidade despertou a atenção o facto de residentes do concelho da Moita, nomeadamente da Baixa da Banheira e Vale da Amoreira, salientarem as melhorias que se registaram, com redução de tempo de viagens, pelo facto dos TCB terem criado duas carreiras prestar serviço ao concelho da Moita.
Gostei. E fiquei a pensar como este serviço pode melhorar e alargar quando entrarem ao serviço os 60 novos autocarros.
Esta nota é bem um exemplo da importância e do papel social dos TCB.

As Europeias num micro mundo

Fala-se muitos dos resultados das eleições europeias. Olhando para o micro mundo de uma freguesia do concelho do Barreiro, assim numa espécie de zoom local, percebe-se o seguinte – a CDU mantendo a sua base eleitoral nos mínimos, comparativamente às europeias de 2014, os votos que perdem, objectivamente ficam distríbuidos pelo PS e BE, beneficiando mais o PS que o BE.
O PSD e o CDS, juntos no essencial mantém a votação de 2014. Mantendo ambos, quer o PSD, quer o CDS as suas base eleitorais.
O BE duplica a votação essencialmente à custa da CDU e, eventualmente, captando alguns dos novos eleitores.
O PAN para além do seu eleitorado, nota-se que capta a quase totalidade dos eleitores do MPT, do deputado Marinho, que foi eleito com um voto anti-sistema, que, agora se deslocam para o PAN.
Numa abordagem superficial, reflectindo neste micro mundo, dá para perceber que o PS, consolida a sua base eleitoral, mas a CDU também fixa o seu eleitorado.
Estas eleições não são uma projecção das autárquicas, mas, por exemplo, não esqueçamos que as europeias de 2014, no Barreiro, liderava a autarquia Carlos Humberto, que captava e influenciava eleitorado para lá da base social de apoio da CDU.

PS mantinha a presidência da Câmara

Se este resultado eleitoral fosse para eleições autárquicas o PS conquistava de novo a presidência, sem maioria absoluta, elegendo 4 vereadores. Ou seja o PS não acrescentou mais eleitorado ao PS. Consolidou-se.
A CDU elegia 3 vereadores. Mantém a sua base social, o suficiente para ser protagonista de peso nas autárquicas.
O BE elegia pela primeira vez vereador. Abrindo caminho para ser charneira.
O PSD elegia um vereador, mas perdia o seu papel de partido charneira, acossado à esquerda pelo BE.
As eleições europeias não sendo comparativas com as autárquicas são aquelas que mais se aproximam ao nível de votantes.
Este cenário deixa tudo em aberto e, desde já, fica muito claro que as próximas autárquicas vão ser renhidas.
Vão, de certeza, contar muito os candidatos. Os eleitores nas autárquicas também votam muito olhando os candidatos.

Vai contar muito o trabalho e a capacidade de demonstrar que se registaram as mudanças anunciadas, ou, por outro lado, o demonstrar que mudou alguma coisa para que tudo ficasse na mesma.
As votações do BE nas europeias e legislativas, normalmente, não têm tradução nas autárquicas, porque o eleitorado opta pelo voto útil, na decisão do confronto PS/CDU. Para lutar pela eleição do seu vereador tem que olhar para a Moita e trabalhar, desde já, no lançamento de um rosto autárquico que lhe garanta a credibilidade e acção politica permanente, com uma visão para o concelho.
O PSD regra geral garante a eleição do seu vereador porque o seu eleitorado é muito fixo nas autárquicas, veremos como se traduz o efeito Bruno Vitorino, que tem sido o grande influenciador da vida politica local, arrastando consigo o PS.
Fico por aqui, voltarei ao assunto, com mais calma… foi só uma mera reflexão de café.
Muita água vai correr debaixo da ponte. Ainda há legislativas. Ainda há tanto para andar…e, em politica, uma vírgula pode ser o suficiente para uma viragem.

Duas notas finais

O pior hábito que pode criar um ser humano é ser ele o criador de inimigos. Só cria inimigos quem descura a sua dignidade, não sabe olhar em frente, tem medos dos adversários, perde tempo com marginalidades e disfunções.
É verdade o ser humano, por vezes, gera os sentimentos de ódio e transforma esses sentimentos apenas como actos de defesa, por isso, depois, cai nas neuroses, nas depressões, e, por fim a criação de inimigos funciona como catarse. Freud, explica isso!

E, já agora, quando se quer a morte do mensageiro e, de facto, tudo se faz para matar o mensageiro, não é o mensageiro que se quer matar – é a Liberdade!
Matar a Liberdade é matar a democracia.
Um abraço.

António Sousa Pereira

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

COMUNICAÇÃO SOCIAL

AUTARQUIAS

ESCOLAS

EMPRESAS

BLOGUES DO BARREIRO

ASSOCIAÇÔES E CLUBES

BLOGUES DA MOITA

SAPO LOCAL

PELO DISTRITO

CULTURA

POLITICA

TWITTER

FACEBOOK ROSTOS