Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre Tejo e Sado

Por dentro dos dias e da vida

Por dentro dos dias e da vida

CP prolonga Semana Verde na Linha do Sado

CP prolonga Semana Verde na Linha do Sado<br> Reforço da oferta dos serviços urbanos entre o Barreiro e Praias do Sado ( Setúbal)Segundo a CP, «por motivo das perturbações na circulação de comboios provocadas pelas greves decretadas por diversas Organizações Sindicais do sector ferroviário», a CP – Comboios de Portugal estendeu o prazo da Campanha “Semana Verde” na Linha do Sado, até ao próximo dia 7 de Maio (inclusive).

 

Desde o passado dia 23 de Abril, até ao dia 7 de Maio, os Clientes poderão viajar gratuitamente na Linha do Sado, mediante obtenção de bilhetes gratuitos, disponibilizados no site CP e em anúncios de imprensa.

Esta campanha tem por objectivo a divulgação do reforço da oferta dos serviços urbanos da CP entre o Barreiro e Praias do Sado, em vigor desde o passado dia 28 de Março, com comboios que circulam de 30 em 30 minutos, a partir das 06h10 até às 23h40, nos dias úteis.
Por motivos de ordem técnica, esta alteração não se verifica nos apeadeiros de Praias do Sado e Praça do Quebedo, entre as 10h40 e 16h40.

A consulta de mais informação sobre a campanha Semana Verde e sobre os horários da Linha do Sado pode ser feita em www.cp.pt, no Call Center- 808 208 208 – e nos postos de atendimento CP nas Estações.

AUTOCARRO ARDE NO BARREIRO

Autocarro dos Transportes Colectivos do Barreiro ficou completamente carbonizado no Alto do Seixalinho . Não se registaram acidentes pessoais . Os 20 passageiros que seguiam no autocarro e o motorista Paulo Neves não vão esquecer esta manhã de domingo de Maio Foram momentos de pânico que se viveram no Largo do Alto do Seixalinho, quando, hoje, pela manhã, um autocarro inesperadamente começou a arder na via pública.

 

Os habitantes da zona não ganharam para o susto, porque pensaram que as explosões que estavam a sentir, abalando a tranquilidade dominical, tinham origem na bomba de gasolina, que se encontra naquele largo, em cuja proximidade se registou o incêndio da viatura dos Transportes Colectivos do Barreiro. Hoje, dia 2 de Maio, pelas 9 horas da manhã, um autocarro dos Transportes Colectivos do Barreiro, entrou em chamas, desconhecendo-se, até ao momento, as causas do acidente. Os 20 passageiros e o motorista sairam ilesos. O autocarro ficou carbonizado. A população do Alto do Seixalinho não ganhou para o susto ao acordar, em pânico, com as sucessivas explosões que foram sendo sentidas, com o evoluir das chamas na viatura.

COOP de Grândola comemora o 17º aniversário

17º Festival de Cante Alentejano<br> COOP de Grândola comemora o 17º aniversárioO Grupo Coral e Etnográfico COOP de Grândola comemora o 17º aniversário no próximo dia 8 de Maio com a organização do 18º Festival de Cante Alentejano, que se realiza no Cine Granadeiro, em Grândola, pelas 14h30.

O evento conta também com um desfile pelas ruas de Grândola, passando pela rua da Loja COOP.

Este é um festival anual que proporciona o intercâmbio cultural e convívio entre centenas de cantores e população atenta às raízes e manifestações culturais do Alentejo.

Inauguração da exposição «Gentes de Almada»

Museu da Cidade - ALMADA<br> Inauguração da exposição «Gentes de Almada»“Gentes de Almada”, a nova exposição temporária do Museu da Cidade, é inaugurada no próximo dia 7 de Maio, pelas 18h30.

Inserida nas comemorações dos quinhentos anos do nascimento do autor da Peregrinação, Fernão Mendes Pinto, escritor português que viveu e faleceu no Pragal, “Gentes de Almada” sublinha a diversidade cultural como um traço incontornável da identidade almadense.

A exposição ficará patente ao público até Outubro de 2010.

Imigração no concelho

Através desta exposição é proposta uma abordagem actual ao fenómeno da imigração no concelho, relacionando-o com o contexto sócio-histórico moderno, a mudança social e a consolidação urbana deste território ao longo de um século. Almada surge como o espaço central de um fluxo migratório continuado no tempo, reflexo da sua particularidade.

Três núcleos, três períodos, dezasseis famílias

A exposição “Gentes de Almada” materializa-se através de fotografias da autoria de Camilla Watson, organizadas por três núcleos correspondentes a três períodos de migrações em contextos diferenciados. A fotografia oferece possibilidades de leituras variadas do percurso de vida de muitos almadenses: a família, a casa e o trabalho.

As dezasseis famílias representadas na exposição são fundamentalmente a voz e a imagem de muitas outras. Ao aceitarem o desafio do Museu de integrarem este projecto, contando o seu percurso de vida, as suas emoções e expondo-se através do registo fotográfico nos seus espaços quotidianos, estes almadenses sublinham a importância de participação activa na vida local, contribuindo para a divulgação do património imaterial do concelho onde habitam.

Museu da Cidade
Pç. João Raimundo, Cova da Piedade
Tel. 21 273 4030
Fax: 21 273 4039
E-mail: museu.cidade@cma.m-almada.pt

Horário
Visita às exposições
De terça a sábado: das 10 às 18 horas
Encerra aos domingos, segundas e feriados

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

COMUNICAÇÃO SOCIAL

AUTARQUIAS

ESCOLAS

EMPRESAS

BLOGUES DO BARREIRO

ASSOCIAÇÔES E CLUBES

BLOGUES DA MOITA

SAPO LOCAL

PELO DISTRITO

CULTURA

POLITICA

TWITTER

FACEBOOK ROSTOS